Bolsas de Estudos

O funcionamento do Programa de Pós Graduação em Biotecnologia e Biociências baseia-se em recursos financeiros oriundos da CAPES, através do Programa de Fomento Demanda Social (DS).  A porção restante é utilizada na manutenção do programa, incluindo a secretaria, salas de aula, laboratórios, manutenção de equipamentos. Os recursos disponíveis atendem à solicitação de auxílios anuais à participação do Corpo Discente e Docente em eventos científicos, a fim de apresentar seus trabalhos, bem como ao custeio de passagens e diárias à participação de membros externos nas bancas de defesa dos trabalhos de conclusão.

 O número de bolsas de estudo em cada nível (Mestrado ou Doutorado) é variável a cada ano e dependente dos recursos disponíveis. As bolsas são distribuídas de acordo com a classificação dos candidatos no processo seletivo em atenção às disposições de cada edital de seleção.

O Programa conta com uma cota de bolsas de Doutorado no país com estágio no exterior (PDSE) da CAPES, através da qual permite que estudantes de doutorado do programa possam desenvolver parte de seu projeto de tese em uma instituição de ensino e/ou pesquisa no exterior. O programa pode indicar um estudante por um período de um ano, dois estudantes por períodos iguais de seis meses ou até três estudantes por períodos de quatro meses cada um.